O Deus que surpreende

João 1:46 Perguntou Natanael: "Nazaré? Pode vir alguma coisa boa de lá? " Disse Filipe: "Venha e veja".
Jesus não correspondia com a expectativa que as pessoas tinham a respeito da imagem de um líder. Ele veio de uma aldeia insignificante chamada Nazaré, desprezada pelos próprios moradores daquela região. Além disso, Jesus não era guerreiro conforme foi Davi, não veio da nobreza conforme foi Moisés. E para completar, Jesus não era bonito conforme descrito: Is 53:2 "... Ele não tinha qualquer beleza ou majestade que nos atraísse, nada em sua aparência para que o desejássemos."
Nada estava a favor de Jesus. Ninguém poderia considerá-lo como um líder, mas no entanto Ele foi a surpresa que Deus preparou para o mundo.
I Co 1.27-28 Mas Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios, e escolheu as coisas fracas do mundo para envergonhar as fortes. Ele escolheu as coisas insignificantes do mundo, as desprezadas e as que nada são, para reduzir a nada as que são, para que ninguém se vanglorie diante dele.
Não será que o seu perfil se associa com o perfil de Jesus? Ele foi o maior líder de todos os tempos. Não será que hoje também Deus está preparando uma surpresa para o mundo? Um líder que vai influenciar muitas pessoas? Creia! Este líder é você!
João 20:21 Novamente Jesus disse: "Paz seja com vocês! Assim como o Pai me enviou, eu os envio".


Vida Abundante

Jo 10:10 O ladrão não vem senão a roubar, a matar e a destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham com abundância.

Jesus não apenas declarou a missão do opositor, satanás, mas também deixou bem claro a sua missão: vida abundante.
Se Ele tivesse dito apenas "vida" já estaria muito bom, afinal é o que todos desejam; no entanto Ele vai mais além dizendo "vida abundante".
Tenho percebido que "vida normal" tem sido o limite de muita gente, ou seja, se acomodaram com aquilo que é usual ou natural. 
Quando refletimos a respeito da fé, entendemos que Deus colocou diante de nós a forma de acessar níveis que estão além dos limites naturais. Para que usar a fé dentro do campo natural? Ele já existe e não é necessário fé para aquilo que já existe. Hb 11:1 Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que se não vêem. Assim compreendemos que o propósito de Jesus é nos levar ao plano sobrenatural, vida abundante.
Logo para se viver essa vida abundante, é necessário disposição para ser diferente numa sociedade que já se contentou com o que é normal. 
Fomos chamados para fazer a diferença, começando por um viver santo: sem divórcio, sem desonestidade, sem mentira, sem fornicação, sem adultério, sem pornografia, sem luxúria, entre outros. Isso é vida abundante.
Fomos chamados para nos relacionar mais e melhor com outras pessoas; principalmente nessa sociedade individualista, solitária e de redes virtuais, que as portas de nossa casa estejam abertas para novas amizades reais. Isso é vida abundante
Fomos chamados para assumir a posição de servo, assim conforme Jesus que sendo Senhor e Mestre lavou os pés de seus discípulos. Ele nos deixou a lição que o maior é aquele que serve. Isso é viver uma vida abundante.


Uma fé que nos leva à ação

A fé só é fé quando é seguida por ação.
Josué é uma inspiração para nós, principalmente no episódio que marcou a queda das muralhas de Jericó.

Geralmente oramos para que as coisas tomem um rumo em nossas vidas; mas há um passo de fé que está faltando: colocar ação em nossas orações.

Por exemplo, há pessoas que lutam para vencer um vício. Elas oram e recebem orações, creem e estão fervorosas aguardando um milagre, mas nada vai acontecer se continuam comprando e ou alimentando o vício diariamente.

Há outras pessoas que perderam o emprego, mas estão orando e crendo em um novo emprego; mas não elaboraram currículo algum, nem bateram em nenhuma porta pedindo um novo emprego. Está faltando ação.

Quando você coloca a ação por trás de sua fé, as coisas começam a acontecer. 
  
A Bíblia diz em Hb 11:30, “ Pela fé caíram os muros de Jericó, depois de serem rodeados durante sete dias.

Neste texto identificamos três partes importantes: Fé, muros caem, rodeados.

O que os israelitas fizeram? Ficaram lá acreditando? Eles estavam orando?  Eles estavam esperando? Não. Eles estavam marchando. Eles acrescentaram ação a sua fé. Agora era como se Deus dissesse: “Já que encontrei fé num povo que se move em função dessa fé, então vou derrubar aqueles muros.”

A questão é esta: Quando Deus vê a ação por trás daquilo que acreditamos, coisas extraordinárias começam a acontecer. 


Moisés e toda aquela geração dos que saíram do Egito, viveram em promessas por 40 anos: a conquista da Terra Prometida.
Agora Deus diz para Josué: Js 1.2: Moisés, meu servo, é morto; levanta-te, pois, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel.

Em outras palavras: Moisés viveu em promessas por 40 anos. Agora chegou a hora de você possuir e alcançar essas promessas. Você deve buscar essas promessas.

 E você?! O que realmente Deus tem falado ao seu coração? Quais as promessas de Deus que se tornaram um sonho para você? O que você está fazendo para que isso se torne uma realidade em sua vida? Não basta ficar crendo e orando apenas, precisamos mudar de nível, precisamos adicionar ação a tudo isso. Deus espera isso de nós, Ele deseja derrubar muros e efetuar o impossível.

Você acredita nisso? Amém.